Arquivo mensais:dezembro 2016

Como remover RelevantKnowledge

Como remover RelevantKnowledge. Relevant Knowledge é um adware perigoso que nunca pode ser confiado. Lançado por motivo de malicioso, Relevant Knowledge inicia ‘pesquisas’ pop-up no computador infectado e também exibe anúncios pop-up irritantes que iniciam problemas ao tentar clicar neles fora. Embora pode parecer que você simplesmente pode desinstalá-lo do seu computador, na verdade, essas opções de remoção Relevant Knowledge são inúteis e são mostradas apenas para imitar a confiabilidade.

Remover Relevant Knowledge

Na linha de comando (Run/Executar) digite a seguinte linha:

“C:\Program Files (x86)\RelevantKnowledge\rlvknlg.exe” -bootremove -uninst:RelevantKnowledge

Mais eficiente, conforme a imagem, abra o terminal CMD, e entre com as seguintes linhas:

1. cd C:\Program Files (x86)\RelevantKnowledge
2. rlvknlg.exe" -bootremove -uninst:RelevantKnowledge

Relevant Knowledge,Como remover Relevant Knowledge, Relevant Knowledge virus, Relevant Knowledge malware, Relevant Knowledge apagar

Guia de desinstalação

Free search engine submission

Free search engine submission. Your free complete search engine submission. Your website successfully submitted to the following engines:

Free search engine submission

Welcome to the AddMe Search Engine Submission page. This form will allow you to submit your website URL to over 20 popular search engines in one shot.

  • Gheto Search
  • FeedPlex
  • Active Search Results
  • Anoox
  • Scrub the Web
  • Burf
  • Big Finder
  • Fyber Search
  • Exact Seek
  • Info Tiger
  • Focus Look
  • WalHello
  • Jayde
  • Entireweb
  • Tower Search
  • Mix Cat
  • Search Sight
  • e-Site Secrets
  • What u Seek

Search Engine Submission – AddMe

WordPress MySQL codes update excerpt content meta guid

WordPress MySQL codes update excerpt content meta guid. Use estes códigos para substituir palavras, urls etc no conteúdo (content) e enxertos (excerpt) do blog wordpress:

update wp_options set option_value=replace(option_value,'OLD URL','NEW URL') where option_value like "%OLD URL%";
update wp_posts SET guid=replace(guid, 'OLD URL','NEW URL');
update wp_posts SET post_excerpt=replace(post_excerpt, 'OLD URL','NEW URL');
update wp_posts SET post_content=replace(post_content, 'OLD URL','NEW URL');
update wp_postmeta SET meta_value=replace(meta_value, 'OLD URL','NEW URL');

Alterar prefixo do Banco de Dados do WordPress

Alterar prefixo do Banco de Dados do WordPress. Por padrão, durante a instalação, o WordPress cria o banco de dados com todas as tabelas com o prefixo “wp_”. Existem 11 tabelas criadas no procedimento de instalação padrão, e todas elas serão prefixados com wp_.

Alterar prefixo do Banco de Dados do WordPress

Para melhorar a segurança do site WordPress basta alterar o prefixo wp_ para outro mais completo. Existem muitas razões para alterar o prefixo das tabelas use os comandos abaixo.

Não se esqueça de alterar também no arquivo wp-config.php caso as tabelas sejam diferentes o WordPress apresentará erro.


RENAME table `wp_commentmeta` TO `wp_AxR443vc_commentmeta`;
RENAME table `wp_comments` TO `wp_AxR443vc_comments`;
RENAME table `wp_links` TO `wp_AxR443vc_links`;
RENAME table `wp_options` TO `wp_AxR443vc_options`;
RENAME table `wp_postmeta` TO `wp_AxR443vc_postmeta`;
RENAME table `wp_posts` TO `wp_AxR443vc_posts`;
RENAME table `wp_terms` TO `wp_AxR443vc_terms`;
RENAME table `wp_term_relationships` TO `wp_AxR443vc_term_relationships`;
RENAME table `wp_term_taxonomy` TO `wp_AxR443vc_term_taxonomy`;
RENAME table `wp_usermeta` TO `wp_AxR443vc_usermeta`;
RENAME table `wp_users` TO `wp_AxR443vc_users`;

Em seguida é preciso executar os seguintes comandos para alterar as duas tabelas: *_options e *_usermeta. Nessas tabelas há campos em que seus nomes estão com o prefixo da tabela em uso, é preciso localizar essas informações e alterar o prefixo da tabela de banco de dados.

SELECT * FROM `wp_AxR443vc_options` WHERE `option_name` LIKE '%wp_%'
SELECT * FROM `wp_AxR443vc_usermeta` WHERE `meta_key` LIKE '%wp_%'

WP-CLI

WP-CLI é um programa para administrar o WordPress através de um terminal shell (coisa de nerd ou hacker). O programa é um conjunto de linhas de comando para gerenciar instalações WordPress, como ele pode-se atualizar plugins, configurar instalações multisite e muitas ações via linha de comando, sem utilizar um navegador web.

O objetivo da WP-CLI é fornecer uma interface em linha de comando para qualquer ação que se queira executar na administração do WordPress. Por exemplo o comando wp plugin install --activate permite a instação e ativação de um plugin WordPress, veja abaixo:


$ wp plugin install rest-api --activate
Installing WordPress REST API (Version 2) (2.0-beta13)
Downloading install package from https://downloads.wordpress.org/plugin/rest-api.2.0-beta13.zip...
Unpacking the package...
Installing the plugin...
Plugin installed successfully.
Activating 'rest-api'...
Success: Plugin 'rest-api' activated.

Aqui uma lista de comandos

 

A lista a seguir será exibida:

CommandDescription
cacheManage the object cache.
capManage user capabilities.
cliGet information about WP-CLI itself.
commentManage comments.
coreDownload, install, update and otherwise manage WordPress proper.
cronManage WP-Cron events and schedules.
dbPerform basic database operations.
evalExecute arbitrary PHP code after loading WordPress.
eval-fileLoad and execute a PHP file after loading WordPress.
exportExport content to a WXR file.
helpGet help on a certain command.
importImport content from a WXR file.
mediaManage attachments.
menuList, create, assign, and delete menus
network
optionManage options.
pluginManage plugins.
postManage posts.
rewriteManage rewrite rules.
roleManage user roles.
scaffoldGenerate code for post types, taxonomies, etc.
search-replaceSearch/replace strings in the database.
shellInteractive PHP console.
sidebarManage sidebars.
sitePerform site-wide operations.
super-adminList, add, and remove super admins from a network.
termManage terms.
themeManage themes.
transientManage transients.
userManage users.
widgetManage sidebar widgets.

Execute o comando wp --info para ver as principais informações do wp-cli:


$ wp --info
PHP binary: /usr/bin/php5
PHP version: 5.5.9-1ubuntu4.14
php.ini used: /etc/php5/cli/php.ini
WP-CLI root dir: /home/wp-cli/.wp-cli
WP-CLI packages dir: /home/wp-cli/.wp-cli/packages/
WP-CLI global config: /home/wp-cli/.wp-cli/config.yml
WP-CLI project config:
WP-CLI version: 0.23.0

Para instalar e ativar plugins é muito fácil, e você vai começar a ver que os comandos são bem intuitivos, digite a seguinte sintaxe:

wp plugin install Plugin_Name
wp plugin activate Plugin_Name

Leia mais no guia rápido oficial (Quick Start WP-CLI)

Forçar o blog para https

Usar SSL e HTTPS é um dos protocolos de segurança do blog WordPress. Após habilitar o SSL no painel de controle do webhosting, configure o .htacess e wp-config.php para funcionar corretamente.

Use este código no .htaccess para redirecionar tudo, imagens, postagens etc. Este é recomendável, pois evita erros.

RewriteEngine On
RewriteCond %{HTTPS} !=on
RewriteRule ^(.*)$ https://%{HTTP_HOST}%{REQUEST_URI} [L,R=301]

Este apenas redireciona o endereço do blog. Veja bem, sitemap, imagens e outras agregados do blog, geralmente não funcionam com este código abaixo. Ele apenas redireciona http para https

RewriteEngine On
RewriteCond %{HTTPS} !=on
RewriteRule ^ https://%{HTTP_HOST}%{REQUEST_URI} [L,R=301]

Adicione as seguintes linhas no arquivo wp-config.php acima do texto / * That’s all, stop editing! Happy blogging. * / aumentará a segurança do blog especialmente nos casos de brute force.


define('FORCE_SSL', true);
define('FORCE_SSL_ADMIN',true);
/ * That's all, stop editing! Happy blogging. * /

WordPress Recuperar Primeira Imagem do Post

WordPress Recuperar Primeira Imagem do Post. Geralmente recuperar os thumbnails de uma imagem destacada não é muito difícil, contudo quando não existe imagem destacada a solução é usar uma imagem padrão para todos os artigos, às vezes tornando o blog feio. A dica aqui é para pegar a primeira imagem do post e usar como thumbnail.

Coloque no arquivo functions.php

function catch_that_image() {
global $post, $posts;
$first_img = '';
ob_start();
ob_end_clean();
$output = preg_match_all('//i', $post->post_content, $matches);
$first_img = $matches [1] [0];
//if(empty($first_img)){ //Defines a default image
// $first_img = "/images/default.jpg";
//}
return $first_img;
}

Agora chame a função no tema wordpress onde quer que a imagem apareça.

< img alt="< ?php the_title(); ?/>" class="alignleft thumbnail" src="< ?php echo catch_that_image() ?>" width="180" hight="100"/>

WORDPRESS ARTIGOS POPULARES NA BARRA LATERAL

ARTIGOS POPULARES NA BARRA LATERAL. Criar um widget para mostrar os artigos populares do seu blog na sua barra lateral sem usar plugins é extremamente fácil. Copie e cole o seguinte código para dentro do seu ficheiro sidebar.php. Se precisar de alterar o número de artigos mostrados, altere o valor 5 que se encontra no final da linha 3 de código.

wordpress-code

Artigos Populares

    < ?php $result = $wpdb->get_results("SELECT comment_count,ID,post_title FROM $wpdb->posts ORDER BY comment_count DESC LIMIT 0 , 5");
    foreach ($result as $post) {
    setup_postdata($post);
    $postid = $post->ID;
    $title = $post->post_title;
    $commentcount = $post->comment_count;
    if ($commentcount != 0) { ?>


  • < ?php echo $title ?>
    {< ?php echo $commentcount ?>}
  • < ?php } } ?>

CRIAR META DESCRIÇÃO DE ARTIGOS AUTOMATICAMENTE

CRIAR META DESCRIÇÃO DE ARTIGOS AUTOMATICAMENTE. Adicione o seguinte código ao functions.php do seu blog, ele irá criar automaticamente a meta descrição dos seus artigos, a partir da função the_content. Tenha a certeza de que cola este código no ficheiro header.php do seu template WordPress ou o truque não irá funcionar corretamente

function create_meta_desc() {
global $post;
if (!is_single()) { return; }
$meta = strip_tags($post->post_content);
$meta = strip_shortcodes($post->post_content);
$meta = str_replace(array("\n", "\r", "\t"), ' ', $meta);
$meta = substr($meta, 0, 125);
echo "";
}
add_action('wp_head', 'create_meta_desc');

 META DESCRIÇÃO DE ARTIGOS AUTOMATICAMENTE

META DESCRIÇÃO DE ARTIGOS AUTOMATICAMENTE

AUMENTAR TAMANHO DO EXCERTO DE ARTIGOS

AUMENTAR DIMENSÃO DO EXCERTO DE ARTIGOS. Aumentar excerpt. Este truque permite modificar o tamanho dos excerpts de seus artigos na homepage do blog, pode-se modificar. Copie e cole o código para dentro do functions.php do seu tema WordPress, e modifique o valor 100 para o que desejas. Esse valor representa o número de caracteres a ser mostrados.

add_filter('excerpt_length', 'my_excerpt_length');
function my_excerpt_length($len) { return 100; }

Limitar numero de post por página

Limitar numero de post por página. Adicione o código no functions.php do tema para determinar o número de artigos por página. Este código pode ser configurado para para tags e outras páginas wordpress.

function.php:
Mude o número de post por categorias de 5 para o número que você deseja.

add_filter('pre_get_posts', 'limit_category_posts');
function limit_category_posts($query){
if ($query->is_category) {
$query->set('posts_per_page', 5);
}
return $query;
}

function.php:
Mude o número de post por arquivos de 5 para o número que você deseja.

add_filter('pre_get_posts', 'limit_archive_posts');
function limit_archive_posts($query){
if ($query->is_archive) {
$query->set('posts_per_page', 5);
}
return $query;
}

function.php:
Mude o número de post por categorias específicas, ou seja, aqui o exemplo as categorias são livros, id 77 etc, de 5 para o número que você deseja.

add_filter('pre_get_posts', 'per_category_basis');
function per_category_basis($query){
if ($query->is_category) {
// category named 'livos' show 12 posts
if (is_category('livros'){
$query->set('posts_per_page', 12);
}
// category With ID = 77 show only 5 posts
if (is_category('77'){
$query->set('posts_per_page', 5);
}
}
return $query;
}

Adicione direto no loop da página category.php, tag.php, author.php etc. O código vai determinar o número de artigos a ser exibidos diferentes daquele defindo no painel de configuração do wordpress.

category.php, tag.php etc:


global $query_string;
query_posts("{$query_string}&posts_per_page=5");

WordPress definir número de post por páginas category tag arquive

WordPress definir número de post por páginas category tag arquive. Adicione o código no functions.php do tema para determinar o número de artigos por página. Este código pode ser configurado para para tags e outras páginas wordpress.

function.php:
Mude o número de post por categorias de 5 para o número que você deseja.

add_filter('pre_get_posts', 'limit_category_posts');
function limit_category_posts($query){
if ($query->is_category) {
$query->set('posts_per_page', 5);
}
return $query;
}

function.php:
Mude o número de post por arquivos de 5 para o número que você deseja.

add_filter('pre_get_posts', 'limit_archive_posts');
function limit_archive_posts($query){
if ($query->is_archive) {
$query->set('posts_per_page', 5);
}
return $query;
}

function.php:
Mude o número de post por categorias específicas, ou seja, aqui o exemplo as categorias são livros, id 77 etc, de 5 para o número que você deseja.

add_filter('pre_get_posts', 'per_category_basis');
function per_category_basis($query){
if ($query->is_category) {
// category named 'livos' show 12 posts
if (is_category('livros'){
$query->set('posts_per_page', 12);
}
// category With ID = 77 show only 5 posts
if (is_category('77'){
$query->set('posts_per_page', 5);
}
}
return $query;
}

Adicione direto no loop da página category.php, tag.php, author.php etc. O código vai determinar o número de artigos a ser exibidos diferentes daquele defindo no painel de configuração do wordpress.

category.php, tag.php etc:


global $query_string;
query_posts("{$query_string}&posts_per_page=5");

Dicas de Segurança WordPress

Se você tem acesso ao seu servidor, poderá alterar as permissões de arquivos recursivamente utilizando os comandos a seguir:

Logar no terminal SSH e use as seguintes sintaxes de comandos no servidor.

Para diretórios:

find /caminho/para/a/pasta/do/wordpress/ -type d -exec chmod 755 {} \;

Para arquivos:

find /caminho/para/a/pasta/do/wordpress/ -type f -exec chmod 644 {} \;

Protegendo a Área Admimistrativa

Problema: Os ataques mais comuns a uma instalação WordPress geralmente caem em duas categorias: i Enviam pedidos HTTP para o servidor, especialmente programados para explorar a carga útil procurando vulnerabilidades específicas. Estes incluem plugins e softwares antigos ou desatualizados. ii Tentam ganhar acesso ao seu site usando ataques de “força bruta”, para adivinhar a sua senha.

Solução: A melhor implementação dessa segunda camada de segurança por senha é exigir uma conexão criptografada HTTP SSL para a administração do site, de forma que toda a comunicação e dados sensíveis seja criptografada. Conforme abaixo (Leia mais):

Administration Over SSL
Naturalmente você deve ter habilitado o acesso https para seu blog. Alguns webhosting já oferecem o serviço gratuitamente, verifique se for o seu caso.

cologque dentro do wp-config.php a sintaxe:
define('FORCE_SSL_ADMIN', true);
if (strpos($_SERVER['HTTP_X_FORWARDED_PROTO'], 'https') !== false)
$_SERVER['HTTPS']='on';

Entre no .htaccess para adicionar as linhas
RewriteRule !^/wp-(admin|login|register)(.*) - [C]
RewriteCond %{THE_REQUEST} ^[A-Z]{3,9}\ /(.*)\ HTTP/ [NC]
RewriteCond %{HTTPS} !=on [NC]
RewriteRule ^/?(wp-admin/|wp-login\.php) https://%{SERVER_NAME}%{REQUEST_URI}%{QUERY_STRING} [R=301,QSA,L]

Adicione um arquivo .htaccess dentro do diretório wp-admin mesmo que seu .htaccess raíz tenha o comando optins -indexes

Protegendo o Diretórios funcionais

Uma segunda camada de proteção pode ser adicionada nas partes onde os scripts geralmente não devem ser acessados por nenhum usuário. Uma forma de fazer isso é usar mod_rewrite para bloquear os scripts no arquivo .htaccess.

# Block the include-only files.
RewriteEngine On
RewriteBase /
RewriteRule ^wp-admin/includes/ - [F,L]
RewriteRule !^wp-includes/ - [S=3]
RewriteRule ^wp-includes/[^/]+\.php$ - [F,L]
RewriteRule ^wp-includes/js/tinymce/langs/.+\.php - [F,L]
RewriteRule ^wp-includes/theme-compat/ - [F,L]
# BEGIN WordPress

Protegendo o Arquivo de Configuração

Você pode mover o arquivo wp-config.php para o diretório logo acima da sua instalação do WordPress. Assim, para sites instalados na raiz do servidor, o arquivo wp-config.php podera ficar for da área acessível.

order allow,deny
deny from all

Códigos WordPress para Arquivos e Diretórios

Códigos WordPress para Arquivos e Diretórios. Alguns códigos que ajudam a melhorar a aparência do tema wordpress. Os códigos a seguir melhoram o desempenho do site bem como facilitam a escrita da semântica.

Códigos WordPress para Arquivos e Diretórios

Plugins

plugins_url()
plugin_dir_url()
plugin_dir_path()
plugin_basename()

Themes

get_template_directory_uri()
get_stylesheet_directory_uri()
get_stylesheet_uri()
get_theme_root_uri()
get_theme_root()
get_theme_roots()
get_stylesheet_directory()
get_template_directory()

Site Home

home_url()
get_home_path()

WordPress

admin_url()
site_url()
content_url()
includes_url()
wp_upload_dir()

Multisite

get_admin_url()
get_home_url()
get_site_url()
network_admin_url()
network_site_url()
network_home_url()

Constants

WP_CONTENT_DIR // no trailing slash, full paths only
WP_CONTENT_URL // full url
WP_PLUGIN_DIR // full path, no trailing slash
WP_PLUGIN_URL // full url, no trailing slash

WordPress Directories:
home_url() Home URL http://www.example.com
site_url() Site directory URL http://www.example.com or http://www.example.com/wordpress
admin_url() Admin directory URL http://www.example.com/wp-admin
includes_url() Includes directory URL http://www.example.com/wp-includes
content_url() Content directory URL http://www.example.com/wp-content
plugins_url() Plugins directory URL http://www.example.com/wp-content/plugins
theme_url() Themes directory URL (#18302) http://www.example.com/wp-content/themes
wp_upload_dir() Upload directory URL (returns an array) http://www.example.com/wp-content/uploads
Categories: